Casas do banco para venda: Qual a melhor forma de investir?

O investimento em casas do banco em Portugal passou a ser muito procurado pela suas condições facilitadas a partir de 2012. A crise internacional gerou uma série de problemas econômicos ao país, e os bancos tiveram de penhorar casas de compradores que não podiam mais pagar as prestações.

Como surgiram as casas do banco

Em meados de 2009, a crise do subprime nos Estados Unidos gerou uma série de problemas. Por exemplo, falências e quebras de empresas privadas e bancos. Por isso, a União Européia também sofreu bastante com esta crise, e Portugal viu diversas empresas a fechar. Os bancos em Portugal também passaram por maus bocados, e tiveram de cortar novas concessões de crédito a pessoas individuais e empresas. Em seguida, o estado Português precisou dispensar funcionários públicos e reduzir ordenados, para ajustar suas contas. Como consequência, muitas pessoas não podiam mais pagar as prestações de seus financiamentos de casas. A Troika, que foi uma espécie de comissão especial da união européia. Ela rodava pelos países mais afectados pela crise, e impunha medidas de austeridade. Por exemplo, corte de gastos em geral do estado, novas regras para concessão de novos créditos e ajustes no cadastro negativo de maus pagadores.

casas do banco millennium

Dessa forma, os bancos precisavam tomar as casas dos inadimplentes. Em meados de 2012, os bancos se viram com muitas casas em sua carteira, e éra muito raro ver pessoas com condições para comprar casas. Da mesma forma, os financiamentos de casas para compras particulares estavam quase que parados em sua totalidade.

Naquela altura, a única saída dos bancos éra colocar as suas próprias casas penhoradas pelo banco a venda. Como saída para a crise, os bancos precisaram criar vantagens para atrair novos compradores para as suas casas. O governo de Portugal, então, instituiu em 2012 a concessão de vistos gold para investidores estrangeiros que comprassem casas com valores superiores a 500 mil euros. Dessa forma, o estrangeiro simplesmente por adquirir um imóvel em Portugal dentro das condições, recebia este visto Gold.

A corrida pelas casas do banco no início da década

O governo de Portugal em conjunto com os bancos criou eventos internacionais em países como China, Brasil e Russia. Tais eventos tinham como finalidade divulgar seu mercado imobiliário e atrair compradores, especialmente para as casas do banco.

A volta de 2013 e 2014, os bancos tinham uma imensa quantidade de casas a venda. Mesmo nas grandes cidades como Lisboa e Porto. Por exemplo, éra possível ir a um balcão do Novobanco, e assim escolher uma freguesia, tamanho, andar, etc.  Aquele periodo foi uma época de ouro para os investidores, que tinham um enorme cardápio de casas para compra em Lisboa, Porto e outras grandes cidades.

Ao mesmo tempo, em regiões mais afastadas dos grandes centros, havia imensa quantidade de casas dos bancos a venda com valor muito baixo. Éra uma época de baixíssima liquidez para quem queria vender uma casa.

novo banco imóveis

As vantagens das casas do banco

A compra de casas do banco possui diversas vantagens. Explicaremos aqui uma a uma, para que entendas por que comprar uma casa do banco ainda pode ser um bom negócio.

Facilidade de se conseguir o crédito imobiliário

Qualquer banco vive principalmente a realizar operações financeiras como empréstimos, cartões de crédito, leasing, entre outros. Contudo, uma casa que fique na carteira de imóveis do banco, apresenta custos a ele. Por exemplo, o banco precisa pagar condomínio, IMI, realizar manutenções nas casas, etc.

Por isso, os bancos criam sempre vantagens e facilidades para quem queira comprar suas casas. Mesmo estrangeiros podem comprar casas do banco, desde que possuam comprovativo de renda formal em seu país. Cada banco possui a sua própria regra e lista de documentos necessários. A maioria dos bancos não requer visto de residência de estrangeiros que queiram comprar suas casas. É necessário ter um número de NIF. Por exemplo, um turista com um passaporte brasileiro pode perfeitamente comprar uma casa do banco.

Facilidade de negociação de valores

Mais uma vantagem é o facto dos bancos normalmente aceitarem propostas a nível de valores. É muito comum os bancos aceitarem uma pequena redução no valor, para viabilizar um negócio. Normalmente o banco leva 48 horas para dar uma resposta sobre cada proposta de aquisição recebida. Esta resposta pode ser positiva ou negativa. Sendo negativa, o banco costuma fazer uma contraproposta em um valor intermediário.

Agilidade na aprovação do crédito

É muito mais rápido do que a aprovação de um financiamento imobiliário para a compra de uma casa particular (que não seja do banco).

Taxas de spread reduzidas

Pelo fato dos bancos quererem incentivar o comprador a adquirir suas casas, eles reduzem o spread (que é a taxa de juros) em relação as casas de particulares. Para vender uma casa de um particular, o banco precisa separar o capital do financiamento, e em seguida, comprar a casa do vendedor. Por sua vez, o comprador contrai um empréstimo imobiliário com o banco, e mensalmente paga as prestações. Dessa forma, o banco leva muitos anos para receber de volta o capital investido em uma casa particular. Por isso, é interessante ao banco criar spreads reduzidos, pois as casas do banco já estão em sua carteira patrimonial.

Certificado energético e documentação

De acordo com a lei portuguesa, para se vender uma casa é necessário obter um certificado energético. Há ainda outras documentações necessárias para vender uma casa. Todas as casas do banco possuem um certificado energético e toda documentação em ordem, já pronta para realizar a venda do imóvel.

As desvantagens das casas do banco

Ao mesmo tempo que o banco cria facilidades para quem queira comprar suas casas, há algumas contrapartidas. Uma das desvantagens de se comprar uma casa do banco é o fato do valor ser um pouco mais elevado do que uma casa particular. Normalmente a diferença de valores gira em torno de 5%.

No entanto, pelo fato do spread ser sempre mais baixo se comparado a compra de uma casa particular, essa diferença de valores a longo prazo se equipara a uma adquisição de uma casa mais barata, porém com um spread mais alto.

A segunda desvantagem é o fato das casas do banco estarem escassas nas grandes cidades. Há anos atras, éra possível comprar uma casa em Lisboa com facilidade e a bons preços. Ao contrário de anos atrás, hoje não há tantas ofertas nos grandes centros. Contudo, em cidades como Amadora, Sintra, Setubal e Montijo ainda há ótimas oportunidades de casas do banco.

Como encontrar casas do banco para venda

Como mediadora imobiliária, diáriamente ajudo os meus clientes a encontrar boas oportunidades de investimento tanto em casas do banco como em casas de particulares.

Em meu site https://www.mysitec21.com/c21pt/isabela-carvalho/ você pode encontrar as centenas de opções de casas do banco disponíveis.

Primeiramente, você pode fazer uma pesquisa pela zona pretendida. Por exemplo, coloquei a zona de Lisboa e cliquei em Procurar.

encontrar casas do banco Millennium imoveis

Por padrão, a pesquisa irá mostrara todas as casas disponíveis. Dessa forma, precisaremos filtrar para mostrar somente as casas do banco para venda. Em seguida, na parte superior da página, clique em Mais opções.

E por fim, selecione a opção Financiado na totalidade.

casas do banco BPI

Pronto! Agora você poderá ver todas as casas do banco para venda na região pretendida.

Novo banco Imóveis

Desde a época em que se chamava Banco Espírito Santo (BES), o Novobanco sempre apresentou uma grande carteira de imóveis com facilidades de aprovação de crédito. Atualmente o site do Novobanco apresenta algumas dificuldades para se encontrar imóveis, devido a problemas na navegação. Pelo fato de termos contactos dentro da banca, sempre temos acesso a uma relação atualiada de casas a venda do Novobanco para os nossos clientes.

Casas do banco Millennium

O Millennium BCP é um banco muito bom para se trabalhar, e tem uma carteira sempre atualizada. Semanalmente nós consultores imobiliários recebemos do Millennium uma lista com novas casas a venda penhoradas. Dessa forma podemos sempre apresentar em primeira mão as melhores oportunidades aos nossos clientes.

Imóveis do banco Santander

Antigamente o BANIF éra um dos bancos com a maior carteira de oportunidades em casas penhoradas em Lisboa. Ele foi vendido para o Santander, que herdou a sua carteira de casas a venda. Ainda assim, actualmente o Santander conta com boas oportunidades de negócios.

Imóveis para venda no BPI

É um dos bancos mais exigentes para a aprovação de crédito. Contudo, em alguns casos, oferece financiamento a 100% ainda.

Conclusão sobre as casas da banca

Apesar de estarem um pouco mais escassas do que anos atras, as casas do banco ainda são uma ótima oportunidade de investimento. É importante sempre trabalhar em conjunto com um mediador imobiliário de confiança. Como mediadora imobiliária, sempre consigo trazer boas oportunidades de negócios para meus clientes. Dessa forma, sempre ajudo os meus clientes a conseguirem casas com um bom preço, e com boas condições de financiamento bancário.

Meu nome é Isabela Carvalho, sou consultora imobiliária da Century21 – Fitamétrica 12 em Lisboa. Posso ajudá-lo a vender um apartamento em Lisboa com toda a segurança e tranquilidade.
Meu contacto é +351 925 699 535 e meu email é isabela.carvalho@century21.pt .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *